Na academia (parte I) : treino de TRX

06:14:00

Já é um fato antigo, e já foi inúmeras vezes comprovado que, fazer exercícios físicos ajudam não só a saúde, mas também na postura, flexibilidade, equilíbrio, resistência e muito mais. Por isso, cada vez mais, pessoas buscam por uma qualidade de vida melhor.

E não é somente a musculação que pode oferecer bons resultados, há variados tipos de aulas que proporcionam não um, mas muitos benefícios ao mesmo tempo. E um destes tipos de aulas é a nova queridinha do momento, a aula de TRX

Mas muita gente ainda não sabe o que é ou como funciona esse tipo de aula, eu mesma tinha muitas dúvidas quando ouvi falar e iniciei as aulas. Por isso, hoje vim contar um pouquinho mais sobre ela. 

O que é TRX?

TRX é a sigla de Total-body Resistance Exercise, que significa Exercício de Resistência do Corpo Inteiro. Nada mais é do que um aparelho usado para fazer treino em suspensão, também chamado de TRX Suspension Training, ou seja, treino suspenso. Já são mais de 300 exercícios catalogados até o momento.

Para o quê serve?

O TRX trabalha a força, o equilíbrio, a flexibilidade, a coordenação, postura e a estabilidade muscular e proporciona um ganho de tônus mais eficaz e rápido do que outras modalidades. Também ajuda na capacidade cardiorrespiratória e os músculos do core, localizados no abdômen, quadril e na lombar, que são bastante exigidos para equilibrar e estabilizar o corpo.  Possui um gasto calórico bem alto, em média varia entre 300 e 700 calorias.

Como funciona?

As aulas são feitas usando uma fita de treinamento, trabalhando todos os grupos musculares ao mesmo tempo. Há movimentos variados, desde os mais básicos e com pouca inclinação até os mais compostos e com maior grau de dificuldade.

Este tipo de aula e aparelho podem ser usados por pessoas de todas as idades e qualquer nível de preparo físico, já que a intensidade do exercício é controlada pelo ângulo de inclinação do corpo. O que evita o risco de se machucar, já que o praticante usará somente o peso que consegue suportar.

"Outra vantagem deste método é que ele é classificado como um treinamento funcional, significando que, ao invés de isolar apenas um músculo, trabalha todo o corpo, o tempo todo", conta Márcia Angeli.

Cristiane Saddi, representando do TRX no Brasil, acrescenta "O aparelho age sobre todos os níveis musculares, dos mais profundos, os estabilizadores da coluna, por exemplo, aos mais superficiais, como aqueles que deixam o abdômen com aparência sarada".

Leia também: 4 ótimos motivos para te convencer a se exercitar


História do TRX:

O TRX começou com um integrante da marinha americana, Randy Hetrick. Que serviu durante 13 anos e, por isso, passou bastante tempo confinado em armazéns, navios e submarinos, mas não permanecia por muito tempo no mesmo lugar, encontrando dificuldades para praticar atividades físicas. E foi por isso que Hetrick teve a ideia de usar tiras de paraquedas, borrachas de barcos e outros materiais que tinha à disposição para criar um aparelho que possibilitasse uma grande gama de exercícios com o objetivo de melhorar seu condicionamento físico e a capacidade muscular, mas que também pudesse ser facilmente deslocado para qualquer lugar.

E assim nasceu o TRX, que proporcionou resultados animadores, fazendo Hetrick pedir baixa da marinha e voltar para os Estados Unidos, onde começou a aprimorar o acessório com ajuda de especialistas. Gerando o aparelho que usamos hoje, composto por tiras de nylon ligadas a um gancho e manoplas.

Nota especial:

A melhor forma de convencer vocês de que esta aula é maravilhosa e vale super à pena fazer, é contando um pouquinho da minha experiência. Mas já começo falando que nas primeiras aulas, vocês vão sentir bastante dor nos dias seguintes, já que o corpo de vocês, mesmo praticando exercícios, não está acostumado com tanta intensidade em tão pouco tempo. As aulas duram em média 30 à 45 minutos, que já é o suficiente para te fazer querer sair correndo. As aulas são tranquilas de fazer, embora exijam muito do corpo. Eu fiquei uns 5 dias com dores por todo corpo, sem conseguir me abaixar ou subir/descer escadas sem ter dificuldade e sentir dor. Porém, foi só na primeira semana, pois a seguinte eu já não senti mais. Desde então eu tenho ido todas as semanas e me sinto cada vez melhor, principalmente em relação a respiração e dores nas costas, coisa que me incomodava demais.

E vocês, já ouviram falar de TRX? Já fizeram ou possuem interesse? Comentem.



VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

16 comentários

  1. ja tentei algumas vezes, mas nao consigo gostar de academia de jeito nenhum, admiro mt quem faz

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já havia tentado várias vezes, mas eu não queria de verdade fazer academia. Recentemente quando decidi tentar de novo, eu estava super motivada, então eu me apaixonei e tem me feito muito bem.

      Beijos

      Excluir
  2. A minha postura é uma negação, com certeza esse treino me ajudaria bastante, porém, tenho uma certa resistencia com atividades fisicas, o que é pssimo :(
    Beijos,

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar, Gaby! Achei bem interessante e adorei saber a história por trás do treino. Mas olha, haja força de vontade pra fazer, hein? Eu só vendo a foto e lendo o post já fiquei cansada só de imaginar HAHAHAHA mas quem sabe um dia eu tente, né?
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um cansaço tão bom, que dá nem pra imaginar. Cansa muito mesmo, mas faz um bem danado também. Hoje em dia eu não consigo ficar mais sem fazer as aulas.

      Beijos

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar, mas amei a proposta do treino. Antes de me casar, seguia muito regrada com a academia e com alimentação, depois a gente sempre deixa um pouco de lado, né? Quero muito voltar a praticar exercícios! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, queria entender porque quando namoramos ou casamos essa vida mais fitness fica de lado, né? kkkk deveria ser o contrário.

      Beijos

      Excluir
  5. Olá!!

    O nome em si não conhecia, mas já realizei este exercício na academia. Mas, adorei a explicação..

    Um beijo,

    My Pure Style x My Instagram x My Facebook 

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso fazer esse treino então, minha postura é péssima, meu Deus ):
    sou a pessoa mais sedentária que conheço kkk beijoos
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estava muito sedentária, agora eu não fico um dia da semana sem me exercitar, só aos finais de semana que não faço, pois o cansaço é muito grande e meus horários não batem com os da academia. Sobre esse treino, é maravilhoso.

      Beijos

      Excluir
  7. Que legal esse tipo de treino! Eu uso essa fita em um exercício do meu treino na musculação, mas não sabia que existia um treino especialmente usando ela. Que massaa! Mas realmente deixa bem dolorida, tenho certeza que um treino só com ela deve ser punk hahah mas deve ser ótimo pro corpo. Adorei o post, não conhecia ainda sobre.

    Beijos!

    Letras na Gaveta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sinto mais dores dessa aula, depois da primeira semana o corpo acostuma. Sem contar que dão resultados rápidos por conta da maior intensidade. Deve testar, sério. É muuuuuuito bom.

      Beijos

      Excluir
  8. Que diferente! Nunca tinha ouvido falar desse tipo de treino. Estou entrando nessa onda fitnessa agora e é tudo muito novo pra mim. Vou conferir mais sobre.
    Beijos,

    Nicole (Nica)
    Why Not?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso confere e procura na sua cidade algum lugar que faça, é super bom.

      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter