Aprenda a controlar seus gastos pessoais

05:02:00

A vida é movida por planos, sonhos e objetivos, e nem todos eles são possíveis de conseguir ou adquirir gratuitamente. Mas isso acaba se tornando um problemão quando você não consegue se controlar e gasta mais do que tem. Tornando, assim, tudo cada vez mais distante da realização. Você já tentou muitas e muitas vezes se controlar, mas não consegue e nem sabe como ou o quê fazer para juntar dinheiro. Afinal de contas, seu grande sonho é fazer um cruzeiro pelo Caribe ou aquele tão sonhado Intercâmbio quando seu curso acabar. Mas como tornar isso possível se você não sabe controlar seus gastos pessoais? 


Fazer um controle de finanças é o primeiro passo para equilibrar de vez suas despesas e economizar para o futuro. Ao tornar este controle parte da sua rotina você consegue saber exatamente para onde seu dinheiro está indo e quanto e com o que realmente pode gastar, evitando surpresas desagradáveis no fim do mês, como descobrir que sua conta está no negativo. Confira dicas de como dominar seus gastos pessoais (e não o contrário) e manter esse hábito no dia a dia:

Como controlar os gastos:

1) Estipule metas:

Para gerenciar suas finanças com mais tranquilidade, comece estipulando metas de gastos para o próximo mês. Para não ter surpresas negativas no final do mês, tenha uma noção exata de quanto ganha por mês (o líquido do seu salário), e defina quanto você pode gastar em cada tipo de despesa. Priorize as despesas fixas essenciais, como aluguel, mensalidades de faculdade/cursos, água, luz, gás e supermercado. Depois que os gastos essenciais estiverem definidos, parta para os relacionados ao estilo de vida, como cuidados pessoais e lazer. Sempre tome cuidado para se manter na meta definida. Os sonhos financeiros também devem ser planejados. Por exemplo, se quer fazer uma viagem, defina o período que deseja ir, o custo total e calcule quanto deve poupar por mês para realizar este objetivo.

2) Anotar os gastos diários:

A melhor forma de identificar como você está gastando seu dinheiro e com o quê, é anotando os gastos diários. É bem simples: anote a despesa e o valor gasto.  É necessário que cada gasto, até mesmo os mais pequenos, sejam registrados. Gastos como lanches, chicletes, passagens de ônibus e etc, por mais baixo que pareça pode impactar seu orçamento quando somadas no final do mês. Anotar os gastos ajuda a identificar com o quê está gastando seu dinheiro e ver as categorias com maiores despesas e onde é possível economizar.

3) Controlar com planilhas/aplicativos:

A planilha financeira pode ser muito útil para manter o controle dos seus gastos. Pode ser criada do zero ou baixada da internet. Uma opção é o Google Sheets, porém é necessário uma assinatura - mensal ou anual - para ser utilizada. Uma outra opção seria esses aplicativos de finanças, onde você adiciona cada gasto e parcelas.* Independente do modelo de planilha, é importante ter uma rotina de anotações nela com todos os gastos, depois fazer um acompanhamento semanal. Identificando quanto ainda pode gastar no mês de acordo com as metas estipuladas. 

* Eu já utilizei o Organizze Finanças, gostei bastante, mas achei muito difícil de mexer, então desisti e passei a fazer tudo manualmente.  

4) Quitar dívidas:

Quitar as dívidas deve ser prioridade. Para ser possível economizar e realizar seus sonhos, é necessário listar tudo o que você deve e para quem, por exemplo: banco, cartão de créditos, família/amigos. Depois, liste o valor atual da dívida, incluindo os juros que está pagando, dando prioridade as mais caras, como cheque especial e cartão de crédito.

Dicas extras: 

1) Guarde dinheiro:

Guardar dinheiro e ter uma reserva para emergências é essencial para não ter imprevistos e passar por apertos, como doença inesperada, desemprego, quebra de carro ou aparelhos da casa, um vazamento num cano, e por aí vai. Por isso, caso não tenha dívidas e sobre algum dinheiro do seu salário, reserve uma certa quantia mensal para formar esta reserva financeira. Uma dica é programas a transferência automática deste valor para sua poupança. Assim, você não corre o risco de cair em tentação e gastar o dinheiro.

2) Controle as compras por impulso:

Comprar por impulso é um dos grandes inimigos da vida financeira saudável. E para evitar isso, comece a planejar suas compras. Precisa de uma blusa nova, espere 30 dias, no mínimo, para concluir se ela é necessária ou não. Após isso, pesquise preços e dê preferência com pagamento à vista. Assim evita a armadilha dos juros e parcelamentos que podem desequilibrar seu orçamento no futuro.

Saber como controlar as finanças é uma questão de hábito. Quanto mais praticado, mais simples se torna. E vocês, já tinham o hábito de controlar os gastos pessoais ou não? Comentem.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

12 comentários

  1. Oi Gaby
    Ótimas dicas
    uso uma planilha no Excel msm, e sem ela fico perdidinha
    hehehehehheehehehe
    já favoritei esse post p ler sempre q possível

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acabei me acostumando a anotar as coisas na minha agenda, e como eu dificilmente compro coisinhas simples pois não me sobra nada no mês por causa das contas, mensalidades e etc, não preciso de excel, mas admito que se precisasse iria morrer, pois odeio mexer nesse programa kkkk.


      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Gabriela!

    É sempre bom ouvir esse tipo de dica! E focar nos objetivos...

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito contente em ler seu comentário. Obrigada e que bom que gostou...

      Beijos

      Excluir
  3. adorei as dicas, realmente planilha ajuda muito, eu gosto de está sempre usando!
    beijos flor ♥
    https://brumartinss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas acabam sendo a melhor ferramenta para controlar os gastos. Muita gente gosta e dá preferência, outras - como eu - preferem escrever a mão mesmo, rs.

      Beijos

      Excluir
  4. Nice, it’s really useful.. some peoples are really don’t know how to control their money. So their income just disappear out of control then suffering in the end of the months.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. It is true! So it's always good that we help these people.

      Kisses

      Excluir
  5. Eu não consigo usar planilhas ): mas ultimamente estou sabendo controlar bem o gastos, ainda bem <3 haha beijoos
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não consigo, Lu. Por isso anoto tudo na minha agenda. Única coisa é que não faço uma análise, mas como é raro eu comprar coisas que não preciso realmente, então sei que não vai mudar muita coisa se fizer ou não essa avaliação.

      Beijos

      Excluir
  6. Já gastei muito dinheiro à toa, precisei perder para aprender valorizar, hoje sei trabalhar muito melhor com o dinheiro que ganho. Faz toda a diferença, mesmo no momento difícil que estamos enfrentando, onde parece que nada é suficiente para manter uma vida com o básico!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem consigo imaginar como é isso, pois eu mesmo sendo muito controlada com dinheiro e comprando sempre o essencial já passo aperto as vezes, imagina se não fosse. É muito tentador, eu reconheço, mas com a crise é necessário controlar.

      Beijos

      Excluir