Livros que quero ler até o final do ano

05:01:00

Ler é uma arte, e sem vias de dúvidas é uma das artes mais encantadoras. Com ela é possível obter conhecimento, enriquecer a linguagem e até conhecer lugares. As pessoas que possuem o hábito de ler, tem um destaque, pois, tal exercícios propicia o desenvolvimento de uma mente crítica. Porém, a sociedade brasileira ainda possui uma certa dificuldade em apreciar esse tipo de obra, o que é uma pena. 


Eu criei o hábito por vontade própria, sempre achei bonito quem lia e sempre quis ter gosto por isso. Fiz uma promessa e cumpri. Já fazem 5 anos que leio sem parar. Hoje, já não me vejo mais ficando sem ler, e não fazê-lo no dia me faz sentir que o algo está incompleto, está faltando. 

No início do ano publiquei um post sobre uma análise de metas do ano passado e metas para 2018, um dos tópicos de metas pessoais era ler mais de 20 livros no ano. Eu estava sem novos livros para ler e nem fazia ideia de quais gostaria de ter e ler a seguir. Então, numa olhada sem compromisso nos livros da loja, encontrei uns 7 com títulos super atrativos. E depois, navegando pela internet, vi frases e fotos de outros livros que me interessaram bastante também.

Todos eles foram adicionados na minha listinha de próximos livros a ler - e ter - este ano. E eu percebi que houve uma mudança quase drástica no meu estilo de leitura, pois, como muitos já sabem, eu sou apaixonada por livros de fantasia, tenho muitas coleções de livros, sagas e mais sagas. Sempre foram meus preferidos. Mas ultimamente eu tenho gostado muito de livros de auto-ajuda ou que nos permitam pensar sobre a vida, tirar alguma lição deles.

Como fazia tempo que eu não falava sobre livros, resolvi fazer um post, estilo wishlist, para compartilhar com vocês essas mudanças e o que quero ler ainda este ano.

Livros que quero ler até o final do ano:

1. A sorte segue a coragem

'Todo mundo já usou algumas dessas justificativas para o insucesso: “Eu tento, tento e não funciona”; “não tenho sorte”; “não dou pro negócio”; “por mais que eu ande, não saio do lugar”; “não fico fazendo marketing pessoal”. Em A sorte segue a coragem! Oportunidades, competência e tempos de vida, o professor Mario Sergio Cortella afirma que não se pode atribuir o sucesso ou o fracasso a forças externas. Em vinte capítulos, o autor de Por que fazemos o que fazemos? Um dos maiores best-sellers brasileiros dos últimos anos, discute comportamentos comuns a todos e aponta caminhos para que cada um cultive a própria sorte.

2. Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente

Indo contra a tendência dos textos curtos e superficiais que são postados nas redes sociais, o coletivo literário Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente (TCD) passou a produzir e compartilhar um conteúdo extenso, profundo e extremamente poético em suas páginas no Facebook e no Instagram. Com seus escritos e ilustrações, eles acabaram atingindo um público muito maior do que o esperado, nos mostrando como, apesar da crescente agilidade que nossa comunicação exige, ainda precisamos de tempo para digerir e entender nossas complexas relações humanas. Para este livro, foram produzidos textos inéditos que ganharam a companhia das sensíveis ilustrações de Anália Moraes.

3. Notas sobre ela

Ao retratar a mulher da infância à maturidade, Zack Magiezi mergulha no universo e na aura femininos revelando suas nuances, facetas e matizes. Dos picos de solidão noite adentro às alegrias ensolaradas à beira-mar; dos cheiros e tatos da inocência às expectativas que ora se cumprem ora se quebram; dos sonhos que reconfortam à realidade que lapida. Os vislumbres e as impressões; sentimentos e sensações; gestos, fotos, livros, discos, pessoas: nada foge ao autor. Obra inédita inspirada na série de textos que conquistou as redes sociais, Notas sobre ela é, em essência, sobre todas elas.

4. O poder do fracasso

Sarah Lewis lança uma nova luz sobre a importância dessas tentativas frustradas e do poder motivador que a “quase vitória” tem sobre a determinação. Ela tece habilmente uma teoria a respeito do que de fato significa falhar e de como o fracasso é essencial para o sucesso. De pensamentos sobre o improviso do jazz, passando pela luta de Martin Luther King Jr. contra um problema na fala, até as reflexões de Al Gore sobre a perda das eleições presidenciais, ela traça o perfil de várias pessoas que alcançaram a maestria em sua área de atuação seguindo caminhos tortuosos: muitas vezes retrocedendo, perdendo, experimentando e recomeçando como amador. Usando outros exemplos das mais variadas áreas, como esportes, ciências, artes e empreendedorismo, a autora explora ideias e conceitos que costumam ser ignorados quando se fala da busca pela excelência, entre os quais: o valor da diversão e do lúdico, o momento crucial da escolha entre desistir e persistir, o peso que deve ser dado às críticas e o corajoso papel das vanguardas. Falhar é uma dádiva, mas é também um mistério, pois pode ser o fim de um plano e o início de possibilidades infinitas. O poder do fracasso é uma celebração da determinação e do espírito humano.

5. Amar e ser livre

Neste livro, Prem Baba fala sobre a qualidade amorosa e o desenvolvimento das relações amorosas, mostrando que um relacionamento feliz vai além da realização pessoal. A construção de relacionamentos amorosos, saudáveis e construtivos é determinante para a construção de um mundo melhor, com menos maldade. Iluminando a nós mesmos, iluminaremos o mundo.


6. Outros jeitos de usar a boca

Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia e que também assina as ilustrações presentes neste volume , o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.

7. Aprendendo a lidar com pessoas difíceis

Pessoas difíceis são um desafio. Na melhor das hipóteses, elas tornam a vida mais estressante e desagradável. Na pior, chegam a interferir em projetos pessoais e impedem a conquista de metas profissionais importantes. 'Aprendendo a Lidar com Pessoas Difíceis' ensina a extrair o melhor desses tipos problemáticos, mesmo quando eles exibem o pior de si mesmos. Com a ajuda de técnicas eficazes e uma abordagem criativa, os autores ensinam o caminho das pedras - o aprendizado da convivência em grupo, independente das diferenças - e os atalhos para impedir que as pessoas que o incomodam enfraqueçam seu desempenho no trabalho e na vida pessoal.

8. Shakespeare para apaixonados

Dedicado aos que amaram, aos que amam e aos que ainda vão amar, “Shakespeare para apaixonados” é um guia inspirador para quem acredita no amor e busca desvendar os mistérios e a beleza desse sentimento sublime. As obras de William Shakespeare tratam do amor com uma perspectiva tão lúcida que, mesmo tantos anos depois de terem sido produzidas, ainda são consideradas um remédio para curar as dores do coração e os anseios da alma. Reunindo 72 aforismos e citações do grande poeta e dramaturgo, Allan Percy mergulha no universo amoroso para refletir sobre ciúme, paixão, romance, insegurança, sedução, desejo e amizade para iluminar nossa vida e responder a perguntas, como: Por que algumas pessoas não têm sorte no campo sentimental?; Como curar um mal de amor?; É possível viver um romance até o fim da vida?; entre outas.

9. Pare de se sabotar e dê a volta por cima

Para o psicoterapeuta Flip Flippen, o ponto de partida para o verdadeiro sucesso é o autoconhecimento: quando você conhece a si mesmo, pode compreender melhor as características de sua personalidade e identificar suas limitações. O fundamental é saber quais são seus pontos fracos, de modo que você possa superá-los e transformá-los em qualidades que gerem resultados significativos. Ao longo de mais de 30 anos de pesquisa, o autor observou que muitas pessoas talentosas sabotavam o próprio sucesso porque não sabiam quais eram as características que as impediam de alcançar o máximo de seu potencial. Essa análise serviu de base para definir as 10 principais limitações pessoais: 
• Ignorar as opiniões divergentes e querer ter sempre o controle da situação. 
• Não ser capaz de dizer não, mesmo que isso comprometa a felicidade. 
• Sentir dificuldade de deixar os erros para trás por ser introspectivo e pouco autoconfiante. 
• Não admitir as próprias falhas por causa do excesso de confiança e da teimosia. 
• Ser exigente, implicante ou rude, desrespeitando as ideias e opiniões dos outros. 
• Não conseguir cultivar relacionamentos profundos e expressar emoções. 
• Viver desmotivado e protelar eternamente as tarefas. 
• Resistir a mudanças e demonstrar nervosismo diante das incertezas. 
• Ser agressivo e raivoso, deixando as emoções se exacerbarem ao se sentir desafiado. 
Tomar decisões rápido demais e ficar entediado facilmente. 
Descobrir quais desses traços de personalidade mais atrapalham a sua vida é o primeiro passo do programa de superação das limitações pessoais desenvolvido por Flippen. O segundo é elaborar um plano de ação e assumir um compromisso com o sucesso, adotando medidas práticas para transformar comportamentos negativos em atitudes positivas capazes de alavancar sua carreira e trazer benefícios para sua vida pessoal.

10. Os segredos das mulheres inteligentes

Se você é como a maioria das mulheres, deve viver criticando seu corpo, seu cabelo, sua pele, sua família, sua conta bancária, seu emprego... e não entende por que seus relacionamentos sempre dão errado. A explicação está justamente nesse comportamento. Criticar-se por detalhes sem importância causa um enorme dano à sua autoestima. E, num círculo vicioso, quanto mais baixa está sua autoestima, mais você se deprecia. Para ajudá-la a acabar de vez com esse problema e fazê-la ter consciência de seu valor, a famosa dupla de experts em comportamento feminino Steven Carter e Julia Sokol escreveu este verdadeiro manual de sobrevivência. Aqui você vai aprender os segredos fundamentais das mulheres inteligentes e descobrir como romper com padrões de comportamento que a colocam para baixo. Dessa forma, será capaz de adotar atitudes positivas que vão dar uma guinada em sua vida. Com uma linguagem divertida e repleto de exemplos bem-humorados, este livro traz dicas poderosas para todas as pessoas que têm alguma dificuldade de enxergar seu próprio valor, não importa em que área da vida.

11. A sutil arte de ligar o foda-se

Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço. Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva — sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se. Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão. Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.

E vocês, já leram algum desses livros? Possuem mais algum do gênero para indicar? Comentem.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

19 comentários

  1. Amo ler! Sou daquelas com livros de cabeceira e pdfs no tablet, virando páginas o tempo todo! Amei as dicas de livros, vou marcar os nomes para ler depois, porque vários dos resuminhos me interessaram muito!!

    beijinhos!
    Liz
    https://lizmakeupx.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só não tenho livro na cabeceira porque sempre chego cansada a noite e ainda trabalho no blog, mas leio nos intervalos de almoço, por exemplo. Que bom que acabei te indicando livros que interessaram.

      Beijos

      Excluir
  2. How many interesting books!

    https://julesonthemoon.blogspot.it

    ResponderExcluir
  3. Oi Gaby
    muitos desses eu n conhecia!
    Qro mt ler 'Outros jeitos de usar a boca'

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um dos que mais desejo ler entre todos.

      Beijos

      Excluir
  4. Great post!
    I'd be happy friendship blogs! I follow you, I hope you will follow me back)
    wdresscode.blogspot.ru

    ResponderExcluir
  5. Amo listas de livros pelo simples fato de sempre encontrar indicações que chamam minha atenção. Da tua lista, acredito que uns cinco acabaram entrando pra minha lista de leituras desse ano.
    Espero que consigas ler todos esses <3

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OPA! Que ótimo ler isso. E quais foram esses livros que tu também incluiu na tua listinha?

      Beijos

      Excluir
  6. These are some great picks. Need to check some of these out as well!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  7. Oiie. Eu meio que quase nunca (leia-se sem o quase) tenho costume de ler livros que envolvem esses temas que são bem a cara do autoajuda. Contudo, Outros Jeitos de Usar A Boca parece absolutamente fascinante e também me encontro com vontade de ler ele antes do fim do ano.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, tanto que 90% dos meus livros são séries de fantasia, tem alguns romances, mas de autoajuda tem raros. Então eu encontrei esses lá na loja que trabalho e fui lendo as sinopses e separando kkkkk.

      Beijos

      Excluir
  8. Me encontrei tanto nessa lista! Alguns já estão na minha listinha para ler, outros acabei de conhecer. Também lia muito um gênero, agora estou lendo outros tipos. Adorei sua wishlist!
    Um beijo 😘

    https://sonhosaposdezoito.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liz, que bom que encontrou outros livros que te interessaram.

      Beijos

      Excluir
  9. Gaby! Alguns da tua lista também estão ou acabaram de entrar na minha lista, como o 2 e o 3. Outros jeitos de usar a boca é muito bom! Não vai te arrepender. Depois conta o que achou! =)

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda! Tu sabe que descobri sobre a existência do segundo livro da lista por causa do Twitter? Eu sempre via pessoas postando fotos das páginas e me perguntava o que era. Então procurei na net uma das frases e descobri que era esse livro, desde então passei a acompanhar as publicações deles no site e cada vez mais quero ter ele.

      Beijos

      Excluir
  10. Excelente lista. Ler é sair de nosso cotidiano limitado e viajar po lugares insólitos.

    ResponderExcluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter