Uma carta para meu amor...

13:37:00

Foto tirada da internet e editada. Se for de sua autoria, comunique.







Para ler esta carta e sentir tudo que quero transmitir, peço que aperte o play e prossiga...



Olá, meu amor!

Sei que já faz tempo, mais especificamente, 5 longos anos. Queria te dizer que nunca te esqueci. Procurei por vários cantos, em muitos sorrisos e bocas, em tantos abraços, mas ninguém nunca será capaz de suprir o vazio que deixou em mim. Acreditei que seria possível substituir a sua presença na minha vida e isso foi pura tolice. Sofri tanto e ainda sofro, o tempo passa e sempre me pego relembrando aqueles bons momentos.

Foi tão intenso, avassalador. Será que realmente foi real? Pareceu um sonho bom. A forma como sentia tudo, como o amor me preencheu e me deu vida. A felicidade inabalável que me dominava. Foram tantas noites em claro, conversando pelo telefone até o dia raiar. Nunca nos faltava assunto e ainda me pergunto como isso era possível? Diversas conversas não terminadas porque o sono chegava para um de nós. E era tão gostoso escutar a sua respiração ao dormir. Ainda é possível sentir tudo aquilo, basta eu fechar os olhos.

Desde a sua partida, parece que o mundo desbotou. Meus sentimentos se trancafiaram dentro do meu peito. Eu me fechei pro mundo, para novas experiências, pessoas e sentimentos. Sei que não deveria, mas parece que nada tem graça sem você ao meu lado. Contigo meu riso era fácil, tudo era leve. Eu sabia que não estaria sozinha, mesmo a quilômetros de distância. Havia aquela certeza de não precisar enfrentar o mundo e seus obstáculos sozinha, sempre teria você como meu alicerce.

Sei que cometi alguns erros, mas eu era tão imatura e inexperiente. Eu tinha tanto medo do amor e de relacionamentos a longo prazo que não consegui suportar lidar com o que aconteceu. Sinto tanto por isso. Sinto mesmo. Tudo que desejo é um dia poder te reencontrar, te abraçar forte e sentir o peso da saudade desses longos anos se esvair por meus braços. Sei que talvez eu não devesse ter esperanças, muito menos te esperar. Mas como dizer isso ao meu coração? Como fazer ele acreditar que não deve?

Eu acredito em destino. Por isso, confio que nossas vidas ainda vão se encontrar. Pode não ser hoje, nem amanha. Talvez daqui alguns meses ou anos. Quem sabe. Sei lá. Apenas acredito nisso. Pode nem ser nessa vida, mas no meu íntimo, possuo essa certeza. Vai entender, né?

Sei que nossos caminhos foram para rumos opostos, e que acreditar em reencontro é quase algo impossível. Apenas quero que saiba que, mesmo distante e não fazendo parte da sua vida, estarei olhando por ti. Rezando pelo teu bem estar,  tua saúde, felicidade e teu sucesso. Eu tenho orgulho por quem és. E me desculpe por escrever essa carta, é bem provável que eu nunca te envie. Mas eu precisava dizer que não te esqueci e ainda te amo.

Para sempre sua,

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

8 comentários

  1. Ficou lindo <3
    www.omliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto, muito emocionante o amor é mesmo uma coisa muito especial!
    Beijos.
    http://coquetelfem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ah Gaby, essa música causa uma nostalgia. Amei cada palavra sua, ficou um texto tão profundo! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que achou isso Kaila, era a intenção, pois foi do fundo do coração.


      Beijos

      Excluir
  4. Quem e o dono desse amor todo minha querida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso são coisas que não existem motivos para serem compartilhados. Se não divulguei nomes é pq quero que continue no anonimato ;)


      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter