Era uma vez 3 amigas viajando...

11:39:00




Era uma vez três amigas viajando para a praia... Para, para e para. Isso, definitivamente, não é um conto de fadas com final felizes para sempre. Mas sim, a história de 3 grandes amigas, que resolveram ir para a praia, sozinhas, de carro.

Era 26 de dezembro de 2009, um dia ensolarado e muito quente. Estava tudo indo tão bem, as malas prontas, apenas esperando me buscarem em casa, para então, partirmos rumo a praia. Após me buscarem, rumamos ao litoral. Ao chegar próximo a rodovia mais movimentada, alguns carros começaram a buzinar ao passar por nós.

Começamos a nos preocupar, o que será que eles estavam tentando avisar? Até que, um bom samaritano, nos gritou informando que estávamos com o pneu furado. Aí veio o pânico. Meu deus! Como iríamos trocar o pneu? Não sabíamos fazer isso. Será que haveria força o suficiente? Não, absolutamente, não.

Conseguimos andar mais alguns poucos quilômetros, até encontrar o primeiro encostamento e SOS para ligar. Que mico! Mas o que poderíamos fazer? Ligamos. Avisaram que iam mandar reforços para nos ajudar. Ufa! Ia dar tudo certo, iam nos ajudar a trocar o pneu e voltaríamos para a estrada.

Deu 30 minutos e nada. O pessoal passava de carro buzinando, achando graça e, talvez, pensando besteira. E já tinha se passado 1 hora e nada, ainda. Resolvemos ligar de novo. Então, falaram que pensaram ser um trote, por isso, não mandaram ninguém. Só podia ser brincadeira deles. Isso não é possível.

Estava muito quente, não tínhamos ar condicionado no carro e, se tivesse, nem poderíamos ligar, para não gastar a bateria. Mais alguns minutos esperando até chegar a ajuda, foi o que nos informaram por telefone. Só nos restava aguardar...

Mas, sabe quando dizem que a ajuda sempre vem numa boa hora? Naquele momento, passou por nós, um conhecido, que também estava indo rumo a praia. Ele não podia parar, e só haveria retorno adiante do pedágio. Não tivemos esperanças, pois ele não precisava nos ajudar.

Então, quando reparamos, ele estava chegando. Não é que ele passou o pedágio, pagou, retornou e veio nos ajudar? Amém, senhor! Estávamos cansadas de ficar no sol quente, com sede e começando a ficar com medo. 

Ele e o parente, que estava junto com ele, nos ajudaram a trocar o pneu. Mas, por um azar, a ajuda que pedidos pelo SOS, chegou. E, adivinha? O coitado do nosso amigo, além de voltar para nos ajudar, foi multado. Tudo porque ele tinha películas espelhadas nos vidros. Poxa, ficamos até sem graça, por que, querendo ou não, ele parou por nossa causa. Mas o que podíamos fazer?

Ele relevou e ainda nos deu uma carona, no carro dele, com ar condicionado, até o posto de gasolina com restaurante mais próximo. Enquanto, o coitado do parente dele, levava o nosso, logo atrás. Foi muita bondade (que tinha segundas intenções, com certeza) da parte dele.

É claro, depois dali, cada um seguiu seu caminho. O resto da viagem foi tranquila, sem nenhum problema. Curtimos 10 dias de praia. Uma viagem entre amigas. A melhor que tivemos. E, única, todas unidas.

A moral da história? Mulheres, aprendam a trocar um pneu antes de arriscarem viajar para longe, ainda mais se o lugar não tiver um local próximo para poder te ajudar. Pois não podem ficar contando com milagres, que foi nosso caso.

Também, queria compartilhar, uma das muitas viagens e histórias da minha vida. Com alguns probleminhas técnicos, podemos dizer assim. Mas que geraram muitas, mas muitas gargalhadas.

O tempo passa. Então, aproveitem bem cada momento. O que aconteceu com as três? Ah, ainda somos grandes amigas. Mas, cada uma seguiu seu caminho. As vezes, ainda nos reencontramos para colocar a conversa em dia e relembrar bons momentos. Mas, histórias como as que vivemos na adolescência? Essas, dificilmente voltam a se repetir...




OBS: Estou prevendo uma morte bem lenta para mim, depois que as duas souberem que postei essas fotos. Haha! Mas, não dá nada...

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

14 comentários

  1. Minha primeira vez com o pneu furado foi na estrada e eu estava sozinha imagina o desespero e para piora nao tinha sinal de celular serio eu aprendi na rasa e ate acha um posto e pergunta para alguém se coloquei direito kkk foi uma experiencia muito triste amei seu texto!
    Fica com deus sua linda juizo no corpo e na alma,
    Um beijo da Ju Margarida.
    Ei venha me ver mais vez em to te esperando la no blog moça

    BLOG:
    http://www.politicamenteincorreta.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, meu Deus! Tu teve mais azar ein. Pior que a gente não trocou, pq não tínhamos força pra içar e tirar, até porque o carro tava cheio de malas, né. kkkkk

      Mas que sorte que tu conseguiu!


      Beijos

      Excluir
  2. Guria, nem dirijo, mas já vou aprender a trocar pneu agora HAHAHA adorei a história, essas coisas nos deixam mega nervosas na hora, mas depois viram aquelas lembranças boas de lembrar e que geram risadas, né?
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprende mesmo Gabi, pois não é fácil se deparar com esse perrengue. kkkkk


      Beijos

      Excluir
  3. Também tenho algumas amigas de adolescência que converso de vez em quando. Você tem total razão em dizer que devemos aproveitar bem os momentos com os amigos, mesmo que seja perrengue, haha. Também já tive problemas em viagem de carro e tive que dormir num posto de gasolina. Mas, foi uma das melhores viagens que já fiz :)
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a melhor coisa, né Les?
      É tão gostoso, quando mantemos amizades e, ao nos rever, ficar contando e relembrando momentos.

      Também posso dizer que essa viagem que contei, foi uma das melhores que já fiz.


      Beijos

      Excluir
  4. Hahaha, gostei muito da sua história. Vou tratar de aprender a trocar pneu pra eu não passar aperto por aí. Mas as melhores aventuras tem que ter um pouquinho de sufoco <3
    Beijos!
    https://jesuistata.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça isso mesmo, embora seja engraçado passar por isso, é muito importante.


      Beijos

      Excluir
  5. Primeira coisa que dizem na auto escola é:aprendam a trocar pneu!! Agora sei porque kkk. Ameeei o post.
    Beijinhoos. ❤
    Espero sua visita.
    www.amordeluaazul.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, pior que nem era por não saber. Pois isso é meio questão de lógica, é fácil. Mas éramos mulheres, magrelas, sem força pra usar o macaco e a chave pra trocar o pneu. Isso que nos impediu de fazer a troca. kkkkk


      Beijos

      Excluir
  6. VIIIU? saber dessas coisas faz com que a gente veja que ainda tem gente legal no mundo! Que bom que o cara voltou pra ajudar vocês, suas loucas HAHAH

    isso me lembrou uma vez que o pneu furou na estrada e estávamos eu e um amigo no carro. Ele muito fresco disse que não podia fazer esforço por isso e aquilo. Quando eu tava pronta a abaixar no meio da pista, mesmo com uma saia HAHHA, pra trocar o meu primeiro pneu da vida (e aprender ao mesmo tempo porque não sabia fazer isso HAHAH), eis que surgiu outro homem oferecendo ajuda :B

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala, foi muita sorte nossa que ele se comoveu com a situação e voltou. kkkk

      Menina, mas tem homens que são muito frescos. Pra ti ter noção, eu já até empurrei carro, quando algum homem não quis. kkkkk

      Beijos

      Excluir
  7. Seus textos estão incríveis, amei conhecer mais uma das suas histórias e experiencias, Gaby. Nunca viajei com amigas, mais acho que iria ser bem engraçado. O melhor de tudo é que depois que os perrengues passa, tudo vira graça. Amei as fotos! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, sério? Não sabe o que tá perdendo. Eu já fiz tanta "indiada" (como diz um amigo meu). Tanta história pra contar...

      Obrigada viu! ♥


      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter