Na espera de um telefonema...

12:19:00

Continuação de "tomada por desejo"...

Ela acordou toda empolgada, correu os dedos para debaixo do travesseiro e pegou o celular procurando uma ligação sua. Mas tu não ligou. Ela se sentou na beirada da cama, tentando clarear as ideias, saber se a noite anterior havia sido somente um sonho ou realmente tinha acontecido. Mas, sim, foi real, até demais.

Levantou e foi até o banheiro, lavou o rosto e ficou olhando seu reflexo no espelho. Ela estava se perguntando o que tinha feito de errado. "Será que foi precipitada? Será que tu não havia gostado?" Ficou lá, se martirizando por alguns minutos, sem conseguir entender por que tu não havia ligado no dia seguinte. Checou suas redes sociais, tu já havia acordado e postado fotos da noite anterior com os amigos.

Então, a mente dela estalou, enfim ela percebeu. Tu não iria ligar, só queria curtir, aproveitar o momento. E ela, sendo tola, queria mais, te desejou por tanto tempo que nunca tinha pensado sobre isso, se algum dia rolasse algo, como seria. O mundo dela começou a desmoronar, ela criou expectativas demais e estava se sentindo tão decepcionada por isso. Se deitou novamente, colocou uma playlist triste para tocar e chorou.

Depois de algumas horas, depois das lágrimas cessarem, ela decidiu que não se importaria mais. Se tu queria curtir, ela também faria isso. Secou as lágrimas que ainda estavam no seu rosto, levantou da cama, se direcionou para o banheiro e tomou um banho, daqueles de lavar a alma. Se arrumou, colocou o melhor look e aquele perfume de arrasar e saiu para a balada.

Chegando lá, mais uma vez, ela dá de cara contigo. Só podia ser uma sina, e das piores. Ela respirou fundo, estufou o peito, chamou o barman e pediu uma tequila. Te olhou nos olhos, sorriu, levantou o copo como um cumprimento de olá e bebeu. Ah, aquela tequila desceu queimando, mas ela gostou da sensação.

Tomou coragem e foi a seu encontro. Tua cara de espanto fez ela rir, estava na cara de que não imaginava tamanha coragem. Mas não era por menos, depois daquela dose, nada mais a amedrontava. Ela chegou bem perto e falou: "Sabe, ontem foi muito bom, e eu sinceramente pensei que tu me ligaria, mas percebi que sou mulher demais para ti e não seria tola para ficar esperando. Mas, olha, te desejo tudo de bom. Porque o de melhor, tu acabou de perder."

A expressão de tristeza que passou pelo teu rosto fez uma onda de prazer preencher o corpo dela. Sorrindo ela deu as costas e foi embora. Ela realmente queria ficar contigo, te conhecer mais, sonhou tanto com um momento entre vocês que, por algum tempo, esqueceu de se amar. Ela te esperou. Esperou tu ficar solteiro para enfim realizar todos os desejos e sonhos. Mas, naquela manhã, quando ela percebeu que tu não ligaria, foi o fim. O fim da espera dela por ti. E pela sua cara, talvez, o começo da tua espera por ela.

FIM!


VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

4 comentários

  1. Adoreeeei, sucesso pra voce!
    Da uma pasadinha la no meu blog tbm vou adorar e se gostar me siga tbm
    http://espalhe-amor.blogspot.com.br/2017/01/tendencia-beach-slide.html

    ResponderExcluir
  2. Muito legal! Adorei a forma de escrita *>*

    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter