Uma carta ao vento para os amigos que perdi...

11:49:00


Vira e mexe me pego lembrando de amigos que perdi. Aqueles que não vão mais voltar, que já não estão mais entre os vivos. Os amigos que espero terem partido para a melhor. Prefiro pensar assim do que os imaginar vagando por aí, sem rumo, tristes, olhando para os que ficaram, para o rumo que suas vidas estão levando.

Então, prefiro imaginar suas almas no paraíso, onde só há felicidades e luz. Onde a esperança na humanidade prevalece, onde a crença num mundo melhor ainda exista. Prefiro achar que toda a dor da passagem da vida pra morte tenha se esvaído naquele momento e que tenham encontrado a paz.

Sei que talvez isso não exista, que talvez não haja vida após a morte, mas para mim tanto faz. Só prefiro pensar assim do que aceitar que já não estão mais aqui. Pois isso me deixa triste, isso me faz lembrar tudo que poderia ter feito por eles e não fiz. Me faz lembrar das brigas inúteis por motivos fúteis que nunca pedi desculpas.

Me faz lembrar das lágrimas de tristeza e dor em cada rosto de familiares e amigos. Isso dói muito. E mesmo que eu esconda de todos, sempre sentirei a falta deles. E não importa que não estivéssemos nos falando na época, não importa que estávamos de mal um com o outro. Eu sempre sentirei falta dos nossos momentos e, inevitavelmente, me culpo por não ter estado mais presente, por não ter dito que os amava, que eram importantes, que mesmo com os piores defeitos, eram perfeitos para mim.

Me culpo por não ter me desculpado pelos insultos nos momentos de raiva e por não ter ajudado quando precisavam, seja lá qual tenha sido meus motivos para isso. Me culpo por não ter dado mais de mim.

E sim, eu sei que isso é inútil e até injusto comigo mesma, mas não consigo me livrar disso. Por mais que já esteja acostumada - mesmo não devendo - com a ausência de cada um, e por mais que já tenha superado - em partes - a partida deles, essa culpa, mesmo que pequena, ainda vive em mim.

Talvez seja só a saudade cobrando um preço bem caro, ou talvez seja só culpa mesmo. Não sei muito bem, só sei que quando paro para pensar e relembrar, meus olhos ficam cheios d'água e meu coração se parte em pedaços.

Mas suas lembranças nem sempre são só tristezas e saudades, também vem carregadas de lembranças felizes. Daquelas que me faz fechar os olhos e sorrir sozinha, até mesmo derramar mais algumas lágrimas. Mas desta vez elas são de alegria e gratidão, porque por mais que tenha perdido tempo com bobeiras, eu tive o prazer de conhece-los. Eles eram pessoas tão singulares, com uma personalidade maravilhosa, mesmo que cheios de defeitos. Mas eu os amava assim mesmo. E isso já valeu por uma vida inteira.

Então hoje, venho escrever essa carta - um tanto triste, admito - para mandar ao vento na esperança que chegue até eles, para que saibam que mesmo depois de todos esses anos ainda estão nos meus pensamentos e lembranças. E que posso não dividir isso publicamente, mas não significa que os esqueci. Espero que, aonde estiverem, estejam bem e em paz. Pois me entristeceria muito do contrário. Os amarei para sempre...

Com muito amor e saudades,

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

20 comentários

  1. Linda carta. Me trouxe uma memória viva dos amigos que perdi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que essas memórias tenham sido boas...

      Beijos

      Excluir
  2. Que o vento console a dor e traga todas as boas lembranças ♥
    com amor, Bru
    Mania de Bruna
    @wildbru

    ResponderExcluir
  3. me jogou a duas semana atras..quando perdi um amigo estradeiro..unico amigo..e cheguei a conclusão que a vida é um sopro..e devemos sim..conhecer e conversar com as pessoas, pois esse nem tempo de me despedir eu tive..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito pela perda e espero que guarde somente as boas lembranças...

      Beijos

      Excluir
  4. linda carta, amigos vem e vao, os melhores estao sempre conosco

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, mas estes também eram os melhores e foram tirados de mim. Deus decidiu que ao lado dele era melhor. :(

      Beijos

      Excluir
  5. Linda carta muitas emoções, me fez lembrar de alguém muito importante q perdi recentemente e sempre depois q perdemos damos valor, sinto falta mas um dia estaremos juntos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade mesmo! Mas até mesmo quando damos valor, sentimos falta e percebemos ainda mais como eram importantes para nós.

      Beijos

      Excluir
  6. Ai, Gaby, que carta mais triste e emocionante! Nunca cheguei a perder (pelo menos não pra morte) amigos realmente próximos de mim, mas imagino que a dor seja imensa. Essas coisas sempre me fazem pensar em como a vida é passageira e como a gente precisa muito aproveitar até os momentos mais simples...
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Gabs. Muito doloroso! Pois amigos são os irmãos que escolhemos ter na vida. Então a partida deles é tão dolorosa quanto um familiar próximo.

      Beijos

      Excluir
  7. Que reflexão linda, as vezes me pego pensando nas pessoas que já passaram pela minha vida. É triste ver que tudo muda. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste sim, ainda mais quando sabemos que não podemos voltar atrás, que não há tempo para ser recuperado. Que não há mais possibilidades, pois algumas pessoas não estão mais aqui, conosco, nessa vida.

      Beijos

      Excluir
  8. Que reflexão sem igual! Não sabemos o que irá nos acontecer ou o que irá acontecer com as pessoas que amamos... Não sei se este é o fardo da vida ou a beleza dela...
    https://amebatom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, Thaís. Mas acho que é um pouco dos dois, pois um dia li num dos meus livros preferidos uma frase que me fez perceber a morte e a vida de forma diferente. A frase dizia: "a beleza está na brevidade". Significa que a vida só é bonita pois é breve, pois acaba e nunca sabemos quando, se aos 10 anos de idade ou as 90...

      Beijos

      Excluir
  9. Oi Gaby!
    Que bela mensagem... amigos vem e vão e sempre permanecem os melhores. Acredito que as pessoas mudam e os gostos também, por isso que existe essa distância, tudo muda!
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas essa distância que citei é uma que não pode ser mudada, não pode haver proximidade, a não ser que eu tenha o mesmo fim que eles e os encontre em outro plano, em outra vida, após a morte.

      Beijos

      Excluir
  10. A saudade é um pouco como a fome, já dizia uma das minhas escritoras favoritas. Infelizmente nem sempre ela pode ser matada com a presença. Lembrar daqueles que já foram é doloroso e angustiante, mas também sinônimo de aprendizado e um punhado de lembranças lindas, com momentos únicos ♥ Amei tua reflexão, o texto e a imagem que escolheu casaram tão bem que fiquei encarando por um bom tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei essa imagem sem nem procurar, eu já tinha ideia de fazer essa carta, mas não sabia o que poderia colocar para ilustrar, e quando fui ver o pinterest, ela estava nas indicações, achei que casou muito bem, também. Sobre a saudade ser como a fome, tenho que concordar com tua escritora, é bem assim mesmo. Mas como algum sábio já disse, a saudade é o imposto que pagamos pelos bons momentos, e também, a saudade é uma forma de felicidade em atraso.

      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter