Como lidar com as críticas - positivas ou não

05:34:00

Vivemos em uma época onde a liberdade de expressão se banalizou, onde as pessoas utilizam isso como arma para expor sua opinião sobre tudo e todos. Utilizam todas as ferramentas possíveis para colocar pra fora tudo que pensam e, muitas vezes, fazem isso querendo que os demais tenham a mesma visão. Também, se incomodam com tudo aquilo que desconhecem ou não aprovam. Então, essas pessoas, utilizam essa "liberdade" para ofender e agredir o próximo.


Mas sempre há aqueles para salvar o mundo da perda total. Enquanto uns criticam negativamente, outros resolvem usar essa liberdade com mais sabedoria e educação. Eles fazem críticas construtivas. Daquelas em que a pessoa mostra o que poderia ser mudado, e dá sugestões de como fazer isso. Mas, acima de tudo, faz com muita cautela e respeito a outra.

E como receber críticas, sejam elas positivas ou não, é sempre como jogar numa roleta russa, você nunca sabe qual das duas opções vai receber. Vim dar umas dicas de como lidar com elas.

É claro, eu não sou uma das melhores pessoas para falar disso, pois já fui muito agressiva nessas situações. Porém, quero compartilhar com vocês o que tenho feito e como tenho lidado com esse tipo de coisa. Já que, no passado eu não respondia de forma educada e hoje sou completamente o oposto. Então me sinto no dever de passar adiante um pouquinho dessa tática - que é quase uma terapia.

Como lidar com as críticas - positivas ou não:

1. Saiba identificar e separar as críticas construtivas das negativas:

A primeira coisa que deve fazer ao receber uma crítica, é saber identificar se é construtiva ou não. Depois de saber isso, ficará mais fácil separa-las e dar a devida importância - ou não - a elas. Se for destrutiva, simplesmente leia e descarte da sua cabeça. Ou, se você for do tipo que não consegue deixar pra lá e passa horas, até mesmo dias, pensando rancorosamente naquilo, nem chegue a ler. Sua saúde mental agradecerá no futuro. Já, se for construtiva, você deve analisar se pode mudar algo ou não, desde que seja sempre pensando no seu próprio bem.

2. Você resolve o que fazer com elas:

Como eu disse no item anterior, depois de identificar, separar e analisar cada uma, você resolverá o destino que elas vão levar. Você decide se quer descartar ou se pode obter alguma vantagem sobre aquilo.

3. Entenda que você nunca irá agradar a todos: 

Isso é um fato que todos nós sabemos, ou deveríamos. Mas vale falar de novo e, para isso, mandar aquela velha frase super clichê: "nem Jesus agradou todo mundo". Então, por quê vocês se importariam com isso? Todos nós somos diferentes, seja na forma de ser, agir ou pensar, e nem todos vão estar de acordo com isso. Portanto, não vale a pena se esforçar para tentar agradar todo mundo. Muito menos ficar se martirizando por não ter agradado a alguns. Você não deve forçar isso, tem que vir naturalmente. Se alguém não gosta, está tudo bem. Não precisa dar importância. Vai te aceitar quem quiser.

4.  Elas são como um presente, só te afetam se você aceitar:

Não leve para o lado pessoal, se você permitir que as críticas te afetem, isso pode te destruir por dentro, e não te trará nada de bom. Pelo contrário, permitir que a opinião dos outros afete você, é deixar que elas te definam. Se você não aceitar, se você souber que não é da forma como pensam, isso não te incomodará em nada.

5. Entenda que o que os outros pensam é problema deles:

Exatamente isso. O que os outros pensam sobre você, é um problema só deles. Não significa que você seja daquela forma como te veem. Cada um tem sua forma de entender as coisas, cada um tem sua visão sobre tudo. E nem sempre significa ser o certo, a verdade. Então, como já dizia Lulu Santos: "deixa que digam, que pensem, que falem, deixa isso pra lá" e simplesmente segue o baile.

Existem críticas construtivas, sim. Que são bem intencionadas e que podem ajudar. Mas também existem pessoas que criticam só para mostrar que são superiores, que são melhores do que nós. Por isso é muito importante saber lidar com essas críticas. E, na maior parte das vezes, saber relevar.

E vocês, o que pensam sobre as críticas e como reagem nessas situações? Comentem.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

20 comentários

  1. São ótimas dicas, coisas que temos que levar para vida mesmo que em alguns momentos seja tão difícil.

    Beijooos
    Le Duo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que qualquer crítica é difícil de receber, sendo boa ou não, pois sempre será muito verdadeira e atingirá nosso ponto fraco, nossos defeitos. E nem sempre conseguimos lidar com isso, com a verdade, pois já é difícil para nós mesmos admitir eles, mas quando outra pessoa escandara isso, é bem complicado. Mas é como eu disse, temos que saber lidar com elas, senão a coisa só desanda.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá!!!!
    Nossa quanto tempo que não passava por aqui, mas agora eu voltei!!! E estou mais do que feliz com isso!

    Eu simplesmente adorei, confesso que não sei me dar muito bem com as criticas, fico super chateada comigo mesmo, mas estou tentando aprender a entender melhor isso.


    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Taty. Fazia tempo que não aparecia. Que ótimo que voltou, seja bem-vinda novamente.

      Acho que pra maioria de nós é complicado receber críticas, mas devemos tentar lidar né? Eu também ficava super chateada com isso e ficava pensando sobre durante meses. As vezes, ainda me magoo com algumas, mas depois fico brigando comigo mesma, dizendo: "para de pensar nisso, não vale a pena se irritar ou preocupar com essas coisas", faço isso até esquecer, rs.

      Beijos

      Excluir
  3. adorei esse post, realmente é impossivel agradar a tds, e qd sao críticas construtivas de verdade sao sim bem vindas

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sempre bem vinda, sim, o problema é ser construtivas, né? rs

      Beijos

      Excluir
  4. Eu sou uma pessoa complicado em relação as críticas kkk ): No começo eu não conseguia separar e isso me deixava muito mal, mas acho que hoje em dia já consigo separar as positivas das negativas. E é a pura verdade né? Você não pode agradar todo mundo mesmo.
    Beijos Gaby! <3
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho bem complicado ainda, mas como tu disse, hoje em dia já sei separar, acho que por ter criado o blog e aprendido a conviver melhor nesse meio tenha sido um auxilio para separar as coisas e tentar relevar as críticas, mas continuo achando um incomodo enorme, rs. Sim, não vamos agradar a todos, e nem devemos querer isso, senão, que chato seria a vida, né?

      Beijos

      Excluir
  5. Ótimas dicas, acho que todas são validas e todo mundo precisa levar ... afinal, existem as criticas boas e as que se pode descartar, o mundo tá cheio de gente que só sabe criticar pra degradar!

    http://chronicleuntold.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho isso. Hoje em dia existem muito mais críticas destrutivas, pois as pessoas fazem exatamente para agredir e machucar o outro. Tão bom seria se não fosse assim.

      Beijos

      Excluir
  6. Olá
    Eu acredito que sei conviver bem com críticas. As negativas eu ignoro, as positivas eu levo pro resto da vida. Eu sempre tento não me exaltar. Por exemplo, se eu vejo algo em algum blog que acredito que não tem muito sentido, faço um comentário dando uma opção para aquilo que acho estranho, e não somente jogo lá algo do tipo: "Nossa. Que layout feioso." Acho que cabe a cada um de nós ir mudando o mundo aos poucos.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está certíssima na sua forma de agir, é mais educado, sabe? Bom seria se mais pessoas fossem assim.

      Beijos

      Excluir
  7. Críticas nunca são fáceis, né? Precisamos ser fortes e usar delas para nós tornar melhores. Amei seu post, tenho certeza que vai ajudar muita gente! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Kaila, precisamos ser fortes e saber lidar com elas, separando-as e resolvendo o que fazer com elas. Se se importar ou não.

      Beijos

      Excluir
  8. Ai que post incrível, sério! Vou colocar ele na testa pra todos verem ❤ É muuito necessário a gente saber lidar com críticas. Eu já melhorei muito, mas ainda assim às vezes me chateio. Hoje em dia as pessoas tomam a liberdade de falaram o que querem, do jeito que querem, pouco se importando se vai chatear ou não. Algumas até falam com a intenção de chatear mesmo. Um lugar que tem muitas críticas desse tipo é o Youtube, já recebi vários comentários maldosos - de pessoas que sequer me acompanham -. Mas como tu disse, ninguém agrada todo mundo. Antes eu respondia, porque ficava irritada, mas agora eu só ignoro ou excluo. É melhor do que se estressar por nada, né?

    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, que boba! ♥
      Eu também sou assim, antigamente, como disse no post, eu xingava, revidava com agressão verbal também, pois não aceitava e não gostava nada das críticas, mas isso só piorava as coisas e eu ficava mais zangada ainda com aquilo. O que me fez perceber que de nada adianta dar muita importância pra algo que não deveria mudar nada na nossa vida, então fui mudando. Amadurecendo aos poucos minha forma de pensar e agir. Claro, o blog contribuiu demais para essa mudança quase drástica de jeito, mas foi necessário e a melhor coisa que fiz. Ainda não sei lidar totalmente, mas se comparado ao passado, eu já evolui muito nisso. Comentários maldosos é o que mais tem, eu como tenho essa - quase - fama na net, desde o orkut por causa dos fakes, tenho que lidar com isso faz tempo, e nunca gostei, mas fazer o quê? É a vida que resolvi ter, uma figura pública. Sim, nunca agrada todo mundo.

      Beijos

      Excluir
  9. Ótimo post,Gabi!
    Bem real, ainda mais os tópicos que você diz "o que os outros pensam de você,é problema deles" e "entenda que você nunca irá agradar a todos",particularmente, levo isso para a minha vida. Depois que eu comecei a ver as critica de outra forma, e excluir algumas da minha vida, sou muito mais feliz e só levo comigo o que me eleva. Sei dos meus defeitos, e onde posso ou não melhorar, acho que assim como eu, as demais pessoas também sabem onde estão seus erros, e terceiros não precisam ficar se metendo.
    Amei seu blog!
    Beijos, Tau
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também levo para a vida essas duas que tu citou. Principalmente sobre o que pensam de mim é problema deles. Sabe, li isso em dois livros diferentes, no 50 tons e como eu era antes de você, em ambos as personagens mulheres ficavam pensando demais no que iriam pensar delas sobre as coisas que faziam ou fizeram no passado, e eles falaram algo bem próximo a isso que escrevi, foi quando li em dois livros que pude entender melhor e aceitar mais fácil as críticas sem me importar demais, ou nada.
      Isso sobre sabermos dos nossos defeitos, é algo que penso também. Igual um "amigo" faz um comentário sobre algum defeito seu que tu sabe que tem, mas dá aquela risadinha do tipo "tô brincando!", sabe? Que tu sabe que não é tão brincadeira assim? Eu fico pensando: "poxa, eu conheço cada defeito meu melhor do que ninguém, convivo comigo 24h por dia a tantos anos, acho desagradável demais que tenham que me lembrar deles e ficar falando em voz alta". Não é assim? É incomodo demais esse negócio.

      beijos

      Excluir
  10. Que ótimo post!

    São mesmo muito boas as dicas. É impossível agradar a todos e ser perfeito, por isso temos que saber aceitar as críticas construtivas.

    WWW.creativespatium.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que raras são construtivas, então temos que saber lidar com as que não são.

      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter