RESENHA | Filme: Invocação do Mal 2

18:01:00

Quem aqui acha que sou medrosa? Acertou! Porém, eu sou uma eterna amante do gênero "terror". A sensação gostosa de adrenalina que sinto com esse tipo de filme é mais forte do que eu. E quando dizem que é baseado em histórias reais? Vou a loucura.

Invocação do Mal 2: Sete anos após os eventos de Invocação do Mal (2013), Lorraine (Vera Farmiga) e Ed Warren (Patrick Wilson) desembarcam na Inglaterra para ajudar uma família atormentada por uma manifestação poltergeist na filha. A trama é baseada no caso Enfield Poltergeist, registrado no final da década de 1970.



Opinião: Preciso admitir que, quase me caguei nas calças. Foi cômico de ver, pois todos que estavam assistindo ao filme, depois que se assustavam, caiam na risada, inclusive eu. No primeiro susto que levei eu quase deixei toda minha pipoca cair no chão (e isso seria imperdoável, sério!). O filme foi mais surpreendente que o primeiro, superou as minhas expectativas e por isso, eu amei. Para quem gosta do gênero, assim como eu, garanto que irá se apaixonar por mais esse filme.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

5 comentários

  1. Tô dooooida pra ver esse filme! Ia assistir esse sábado, mas acabei vendo o filme do José Aldo, que alias é seeeeeensacional, assista Gaby! haha
    Mas dessa semana não passa, vou ver esse!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou muito fã de filmes brasileiros, mas vi o trailer e achei bem interessante. Obrigada pela dica Jeh!
      E sim, seria super imperdoável, além do que a pipoca era minha distração pra quando eu tinha vontade de esconder a cara e não podia rsrs imagina que mico!
      Beijos...

      Excluir
  2. Ah, e realmente, deixar a pipoca cair seria imperdoável!!

    ResponderExcluir
  3. Amiiiiga, eu assisti o filme no cinema e eu confesso que queria correr da sala! Jurooo, tive muito medo kkkkkkkkkk mas foi muito bom, bem melhor que o primeiro.
    bjuxxxx <3
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amiga, sim muito melhor que o primeiro. Quase fui eu que infartei no lugar daquele senhor (aliás, será que é verdade mesmo? nem li sobre o assunto, rs). Confesso que em vários momentos eu ficava olhando pro chão, já que seria mico demais cobrir os olhos kkkkk (vergonha alheia).

      Podemos marcar de um dia assistir juntas, né?

      Beijos...

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter