25 coisas que aprendi depois dos 20...

12:05:00

Quando somos crianças ou adolescentes, tudo o que desejamos é sermos adultos. A tão sonhada liberdade é só o que almejamos. Porém, não paramos para pensar a bagagem que vem com ela. Depois dos 20 anos de idade, começamos a sentir o peso da responsabilidade de estarmos nos tornando adultos. E, com ela, vem todo aquele aprendizado que notamos com o passar do tempo.



Com 21 anos, decidi ir morar em São Paulo com pouco dinheiro no banco, algumas malas e apenas conhecendo algumas pessoas virtualmente. A ideia de ser livre e dona do meu próprio nariz, me fez tomar decisões precipitadas e incongruentes. Fui muito imatura, porém, eu sabia que era isso o que eu queria, amadurecer.

Tomei muito na cara no tempo em que vivi por lá. E já contei um pouco a respeito no post minha experiência morando sozinha (ou não) em Campinas - São Paulo. Passei muitas dificuldades e graças a isso pude aprender 25 grandes lições que a vida me ensinou. E hoje, venho compartilhar com vocês a minha opinião sobre elas.

25 coisas que aprendi depois dos 20...

1Nada dura para sempre - Não importa o que, se forem sentimentos, histórias, pessoas... nada dura. Tudo tem um prazo de validade. Nós nascemos sabendo que iremos morrer algum dia, e todo o resto é da mesma forma. Então, não adianta passar uma vida toda com mágoas por alguém, não adianta guardar todo o dinheiro para um futuro próximo, não adianta querer reviver certos momentos. Nada dura para sempre...

2Ter amor próprio em primeiro lugar - Aprendi que ter amor próprio não é ser egoísta. Se amar em primeiro lugar também é amar ao próximo. Pois, como iremos amar alguém se não amamos a nós mesmos? Como alguém nos amará se nem nós sabemos fazer isso? Então, ter amor próprio é pensar primeiro em si para depois poder retribuir.

3Só aprendemos errando - Não importa o que falem, quantos conselhos derem. O ser humano é falho e só aprende errando. Pois, como sabemos que acertamos se nunca erramos? 

4Quando gostamos, nos decepcionamos - Essa é uma questão que todos temos medo. Mas o fato é que, se gostamos, admirados e/ou temos carinho por alguém, sempre iremos criar expectativas, esperar demais dessas pessoas. Pois gostamos tanto delas que queremos que aquilo seja bom, que dê certo, que aconteça como queremos que seja. Mas a pessoa não tem o dever de suprir todas as nossas expectativas e, por isso, nos decepcionamos. A culpa não é delas, é inteiramente nossa.

5Os sonhos sempre são possíveis - Se você já teve algum sonho que parecia impossível e, ao contar para alguém, a pessoa te desanimou, não ligue. Todos os nossos sonhos são possíveis, sim. E somente nós somos capazes de realizar eles. É com muita fé e perseverança que eles se realizam. Os sonhos só são possíveis quando deixamos de lado os nossos medos.

6São raros os amigos que podemos contar sempre - Não importa se pensamos ter 30 amigos, pois destes, poucos apenas permanecerão nas piores e melhores situações. Quer saber identificar qual deles pode confiar e contar para qualquer hora? Peça ajuda naquele momento mais difícil da sua vida e verás quem estará disposto a te ajudar de verdade. Só aqueles que te procuram, que não desistem de ti, mesmo quando tu os afasta, são os verdadeiros para qualquer momento.

7Aproveitar o presente - Não sabemos o que nos espera no amanhã ou nas próximas horas, por isso, aproveitar cada detalhe do nosso presente é fundamental. Se tem oportunidade de falar para alguém hoje o que sente, faça. Se tem oportunidade de realizar um sonho hoje, faça. Com medo ou sem medo, apenas faça hoje. O amanhã, talvez, possa ser tarde demais.

8Só a morte torna tudo tarde demais - Nunca é tarde para fazer aquele passeio que tanto queria, nunca é tarde para aprender um novo idioma, nunca é tarde para dizer eu te amo para alguém e nunca é tarde para realizar aquele sonho de adolescente. Se queria muito algo, mas por medo não fez e o tempo se passou e agora deseja isso de novo, faça. Nunca é tarde demais. Mas, só é tarde, quando a morte chega. Por isso, a lição anterior é muito importante.

9Nunca estamos sozinhos - Sempre quando estamos triste com a vida, deprimidos, vem aquela sensação de estarmos sozinhos no mundo, mesmo rodeados de pessoas. Mas, nunca estamos só. Sempre tem alguém disposto a estar com a gente, seja um amigo, alguém da família ou até alguém não tão conhecido que demonstra se importar. E, mesmo se não tiver nenhum desses, sempre tem a Deus.

10Não amamos só uma vez na vida - Acredito que existem diversos tipos de amores e que podemos, sim, amar mais de uma pessoa na vida. Por exemplo: Aos 20 anos tu encontra o amor da tua vida, o sentimento é recíproco, vivem uma vida tão boa e feliz, mas por algum motivo a vida tira essa pessoa de ti (morre). E, só por isso, tu não tem mais o direito de amar outra pessoa? Não deve amar outra pessoa? Acredito que amar outra pessoa, não significa que deixou de amar ou amou menos a anterior. Cada sentimento é único, pois cada pessoa é única, o sentimento nunca será o mesmo. Portanto, podemos sim amar mais de uma pessoa na nossa vida.

11Não desperdice tempo e oportunidades - Basicamente na mesma linha de raciocínio que a 7 e 8, não desperdiçar tempo e oportunidades significa não deixar que o medo ou qualquer outra coisa o impeça de realizar grandes feitos.

12Não permitir que o conceito dos outros te defina - No mundo em que estamos vivendo, nos permitir aceitar o que os outros pensam a nosso respeito e mudar por causa disso, virou algo tão comum. E foi a pouco tempo, lendo o livro "como eu era antes de você" que percebi que não devemos deixar a opinião dos outros definir quem somos.

13 Arcar com as consequências - Uma das piores bagagens que vem com a liberdade e nossos atos, são as consequências que elas podem nos trazer. E saber aceita-las e conviver com isso é muito importante para sermos pessoas de boa índole.

14Experiências ruins viram aprendizado - Veja pelo lado positivo, mesmo que tenha agido de modo errado ou imprudente, e souber lidar com as consequências, pode aprender com isso. Não é porque algo não deu certo que não lhe trará nada de bom, aprenda a lição que isso está te ensinando, para fazer diferente ou não fazer mais.

15A família é tudo - Eu sempre fui muito desapegada com minha família, mas após morar sozinha e longe, passar por muitas dificuldade, aprendi a valorizá-los ainda mais. A família é nosso bem mais precioso, são pessoas que nunca nos abandonarão.

16Somos todos iguais mas ao mesmo tempo diferentes - Confuso, mas nem tanto. Não importa nossa cor, religião, nosso time de futebol, o partido que votamos, não importa nosso físico, nada disso importa. Somos humanos, seres que erram e acertam, portanto, somos iguais nisso. Mas, ao mesmo tempo, isso nos torna diferente um dos outros, e não é a falta de semelhança que deve nos desunir e faltar o respeito com os outros.

17Se arriscar é melhor que ficar na dúvida - Sabe aquela famosa dúvida, será que faço ou não? Será que falo pra ele(a) ou não? É a isso que me refiro. Tu nunca saberá o que pode acontecer se não tentar, não arriscar e ficar com a dúvida do "e se" para o resto da vida não mudará em nada, pelo contrário, só te trará frustrações. Portanto, arrisque-se e descubra.

18Somos os vilões das nossas próprias histórias - A pouco tempo descobri que as coisas não acontecem ou dão errado na minha vida por minha culpa. Eu coloco inúmeras barreiras na minha frente. Não farei isso, pois tenho medo daquilo. Tal coisa nunca irá se realizar, pois tal outra coisa pode acontecer. E se pensarem errado de mim? E se eu me magoar? E se eu ouvir o que não quero? E se, e se, e se... Essas duas palavras tem um poder imenso sob nós. E elas só tem poder, pois nós damos a elas...

19Não é o amor que fere - Recentemente, li um texto no blog Entre Cartas e Amores, que falava sobre isso. Não é o amor que nos fere, é a falta dele. Depois de ler o texto, parei para refletir e percebi que é a mais pura verdade. Isso acontece de duas formas, se o amor não é reciproco desde o início ou se deixa de ser amor em determinado tempo. Quando esse sentimento já não existe mais, aí vem a frustração, decepção e todas aquelas mágoas e lágrimas. Portanto, não é o amor que fere e sim, a falta dele.

20O medo nos faz parar de viver - Por sermos nossos próprios vilões e darmos poder as palavras "e se", permitimos que o medo nos impeça de fazer o que gostamos ou queremos, o medo nos impede de viver. Da mesma forma que falei sobre os sonhos, só é possível viver quando deixamos os medos de lado. Mas como dizem: - "vai, se der medo, vai com medo, mas vai". Não deixe que ele te impeça de viver e ser feliz.

21Guardar mágoas só faz mal a nós mesmos - Essa, admito, foi a mais difícil de começar a entender. Sempre fui alguém que carregou muitas mágoas e, as vezes, ainda faço isso. Mas carregá-las não mudará nada, só fará mal a nós mesmos. Se não tiver como resolver alguma pendência do passado apenas se livre delas.

22Tentar resolver os problemas na hora da briga só piora - Como eu disse, sempre guardei mágoas, mas houve um tempo, em que eu estava tentando não fazer isso, que eu acabava falando coisas que não devia, apenas para não guardá-las comigo. Isso só gerou mais brigas, foi então que descobri a dosagem disso. Não é bom guardar para si, mas falar de cabeça quente só piora as coisas. Por isso, muitas pessoas aconselham a esfriar a cabeça e se acalmar, para depois conversar sobre as discordâncias. 

23Somos fortes mesmo sem saber - Só descobrimos a força que carregamos conosco quando a situação fica difícil. Em momentos de profunda triste ou, até mesmo, início de depressão, é que descobrimos a força que nós temos. Muitas vezes desacreditamos, mas ela está lá. E aprendi isso com uma frase, que carrego para o resto da vida, ela diz assim: "Você é uma pessoa forte, embora as vezes possa duvidar. Você está destinado a lutar. Quando você está doente, seu corpo luta pelo direito de funcionar. Quando você prende a respiração, seu corpo luta pelo direito de respirar. Se até mesmo as menores células do seu corpo não desistem de lutar. Porque você desistiria?" Então, sim, somos fortes para enfrentar todos os obstáculos da vida.

24Recebemos o que doamos - Uma vez, uma psicóloga disse que, na nossa vida conhecemos pessoas iguais a nós, que os defeitos que apontamos no próximo são aqueles que nós mesmos possuímos, por isso não gostamos deles. E acredito que isso também se refere ao que damos e recebemos. Pois, como vamos cobrar amor se só distribuímos ódio? Como cobrar paz de damos guerra? Então, compartilho com vocês mais uma frase de impacto: "Do amor que damos, só o amor herdamos."

25O poder da escolha é nosso por direito - Assistindo ao programa da Fátima Bernardes, vi uma matéria sobre o poder do "não". Que, principalmente, nós mulheres temos receio em dizer, seja por medo, para agradar alguém, enfim. Porém, não devemos fazer ou falar algo só para agradar alguém. Aí vem o amor próprio de novo, quando aprendemos a nos amar, também aprendemos a dizer não. Pois, não vamos fazer o que não gostamos ou queremos só para agradar alguém, aquilo não nos fará feliz, pelo contrário. Portanto, a escolha é nosso direito. É algo que ninguém pode ou deve fazer por nós, que é nosso.


Já estou com 26 anos e sei que ainda tenho muitas coisas para aprender. A vida é uma escola e devemos estar sempre atentos nas aulas. E vocês, que já passaram dos 20, o que aprenderam? Comentem.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

24 comentários

  1. Apesar de se passar um ano depois de ter entrado nos 20 identifico-me completamente com todos esses itens. A vida ensina-nos muito mesmo, com todos os erros e decisões acertadas.
    Beijinhos :)
    area-escritalhada.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Miguel.
      Algumas pessoas aprendem essas coisas muito antes dos 20, pois amadurecem e criam responsabilidade muito cedo. Mas, tem coisas que mesmo sabendo como é, não aprendemos. Pois, a maioria de nós, gosta de aprender na prática (tipo eu).


      Beijos

      Excluir
  2. Nossa Gaby, ainda não cheguei nos 20 porém me identifiquei com tantas coisas. Me fez refletir demais também, a vida nós ensina demais! ❤

    Minuto de Bobeira <a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu já aprendeu bastante dessas lições pois criou responsabilidade muito cedo, né? Pois saiu de casa nova, então acabou aprendendo muitas dessas coisas antes dos 20, o que as vezes é bom, quanto antes aprendermos isso, melhor.


      Beijos

      Excluir
  3. Concordo com tudo o que você falou, principalmente com a parte das expectativas e sobre não ter um amor a vida toda... concordo muuuiiiiiito! Tô seguindo você, com certeza! Ei, tem post novinho no blog!! Falei sobre como as pessoas "ruins" nos fazem aprender. Corre lá! http://www.tatycamposblog.com/2016/10/pessoas-que-nos-ensinam-nao-ser-iguais.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu fico até animada quando mais pessoas concordam comigo sobre a parte de não amar uma só pessoa na vida. Existem tantos tipos de amores diferentes na vida para serem únicos ou destinados a apenas 1 coisa, não acha?


      Beijos

      Excluir
  4. Menina a pura verdade, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  5. Gaby, gostei muito desse post e, felizmente, posso dizer que aprendi muitas dessas coisas também. Acho que os principais pontos, para mim, foram valorizar minha família (moro longo deles há mais de sete anos já) e entender que nunca estamos sozinhos. O único ponto que eu adicionaria, que lembro agora, é que cada coisa tem seu momento para acontecer. Eu apressei muitas por impulso (inclusive a escolha da minha profissão), mas tem vezes que uma respiração funda pode nos acalmar e fazer com que a gente saiba que o que tiver que ser, será.
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Bruna.
      Isso eu também aprendi, mas eu ainda sou um pouco apressada pra tudo, então não acho que tenha entendido muito bem ainda. Já que não coloco em prática diariamente isso kkkk


      Beijos

      Excluir
  6. OOOOI GABY

    é realmente engraçado perceber como a visão da gente muda com o passar dos anos.
    Até os 20 tudo parece o fim do mundo, qualquer coisa é capaz de nos pôr pra baixo e os outros sempre são mais importantes que nós mesmos.
    Depois que a casa dos 20 vai evoluindo a gente vai vendo que nem tudo é como parecia. Que tem que se levar mesmo a vida com mais leveza, menos desespero, menos imediatismo. Crescer doi um pouco mas até que é bom, né?

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala Hellz, antes dos 20 tudo que queremos é que o tempo passe rápido, estamos sempre mal humorados com a vida, que nem sempre aproveitamos. Aí, quando vamos perceber, tem todas as questões de ser responsável, trabalhar, se sustentar, faculdade e tudo mais. Porém, acho que ficar mais velho é ótimo, por um lado, pois aprendemos tanto que passamos a ver a vida de forma diferente.
      Verdade, crescer dói, mas é para nosso bem, fazer o que. Acho que vem daí a expressão de que quanto mais ruim o gosto mais efeito faz. Sabe? Quando dizem pra remédios, acho que a vida é a mesma coisa.


      Beijos

      Excluir
  7. "Somos fortes mesmo sem saber" tenho percebido isso aos poucos.
    Beijos.

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, eu as vezes ainda penso que sou fraca. Geralmente isso acontece naqueles momentos de maior tristeza. Mas aí, lembro da frase que coloquei e tudo começa a melhorar de novo, pois volto a acreditar na minha força interna.

      Por isso precisei compartilhar a frase, para pessoas como eu, poderem se lembrar disso sempre.


      Beijos

      Excluir
  8. Oiii Gaby! Nossa que post incrível *--* cheio de aprendizados, e frases muito tocantes principalmente essa última do amor! Eu sempre costumo dizer que nada na nossa vida acontece por acaso, seja coisas boas ou ruins mas acontecem com intuito de nos mostrar o lado bom e ruim da vida! E tirar o "se" das nossas vidas é muito difícil, mas como você falou que ele só tem poder porque damos a ele! Eu acabei de conhecer o seu blog e já vi que vou voltar mais vezes kkkk já estou até seguindo para não perder mais nada <3

    *Beijokas -Hellen Barros.

    www.apenasgiz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A frase do amor é até impactante, né? Quando li por aí, na internet, fiquei alguns minutos refletindo sobre. É uma frase curta mas que diz muito. O "e se" é o que mais nos impede de viver, o que é até engraçado, pois são duas palavras tão pequenas mas com um poder tão grande sobre nós.

      Fico muito contente que tenha gostado do meu cantinho. Volte sempre! Vou correndo lá ver o seu também.


      Beijos ♥

      Excluir
  9. Se arriscar é melhor que ficar na duvida! Cada um dos tópicos registra um momentinho da nossa vida né, alguns a gente aprende outros a gente tem que sempre relembrar

    Beijooos
    Le Duo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, todos são importantes serem lembrados sempre. Pois haverá momentos de dúvida, onde mesmo quando já tivermos aprendido a lição, ficaremos meio perdidos.


      Beijos

      Excluir
  10. Todo mundo precisa ler essa sua postagem Gaby, sério mesmo!
    Ironicamente minha lista seria muito, muito parecida com a sua mesmo!

    O triste é que quem não tem uma bagagem de vida ouvi esses conselhos e acha que é da boca pra fora né? Uma hora acaba aprendendo na prática :/

    Beijos e sucesso gatona!
    www.questoesdeopiniao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Dani. Eu mesma, antes de aprender tudo isso, achava um pouco bobagem. Mas sempre fui daquelas que prefere aprender na prática, pra não ter dúvidas. Mesmo que isso acarrete algumas decepções e mágoas. Mas, algum dia, todo mundo aprende, querendo ou não...


      Beijos

      Excluir
  11. Nossa, isso de nada durar para sempre aprendi bem cedo mesmo, hahaha! Isso de aprender errando é eu em pessoa, hahaha! Eu só aprendo meeeesmo quando erro. Esse 4º item é muito eu quando começo a gostar de alguém, já até falo "Pronto. Ferrou" hahahaha! Esse 5º item foi uma das coisas que eu precisava ler hoje. Estou aqui sonhando em ir pra Las Vegas assistir o show da Britney de pertinho, tava quase desistindo e li isso aqui <3 Isso da amizade é verdade, já perdi as contas de quantas vezes me enganei achando que tinha aquela pessoa como amizade sincera e essa pessoa me decepcionou </3 Isso aí! Aproveitar o presente, porque o futuro só a Deus pertence né? Verdade. Temos que aproveitar enquanto estamos vivos e enquanto as pessoas que nós amamos estão vivas, demosntrar sempre da melhor forma possível o nosso amor, porque depois pode ser tarde demais. Esse item 10 eu só entendi depois de bastante tempo, mas no meu caso foi uma pessoa que eu fui mega apaixonada e que não foi recíproco, só isso mesmo. Também to preferindo arriscar do que ficar na dúvida ultimamente, aprendi. Mesmo que as pessoas falem "Eu já fiz isso, não deu certo" eu arrisco, sou meio teimosa. Verdade, a falta do amor que nos fere. Eu sempre deixei pra discutir depois da briga, deixo a pessoa falar o que quiser, expressar o que quiser e da forma que quiser, aí só depois que eu respiro é que respondo. Olha, vou pegar todos esses seus aprendizados e postar na fanpage do meu blog. Posso? Todos são muito bons e é um resumo ótimo! Amei esse seu post!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então tu é das minhas Thami, também só aprendo errando, e precisa ser várias vezes, senão não entendo, rs. Sobre teu pensamento e atitude do item 4, eu tive que rir. E percebo que em muitas coisas nós nos parecemos, eu também geralmente não escuto muitos conselhos, prefiro saber por mim mesma, creio que o que dá certo para um, pode não dar para outro. Então, devemos arriscar né.

      Sobre tu postar na tua página, chegou a cair uma lágrima de felicidade aqui. É claro que pode sim! ♥


      Beijos

      Excluir
  12. Oie Gaby, primeiramente parabéns pelo blog.
    Chegar aos 20 anos é algo muito importante porém amedrontador ao mesmo. Para muitos é com 18 anos que nos tornamos adultos, para mim é com 20 que tomamos real noção que entramos na vida adulta.

    vinysummer.com
    canal do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, porém, quando mais novos, nem pensamos por esse lado, não sentimos medo. Isso é algo que vem com o passar dos 20, que é quando toda a responsabilidade e suas consequências chegam...


      Beijos

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter