Os prós e contras das mudanças de residência

05:01:00

Se mudar nunca parece tão fácil, além de ser uma tarefa estressante e bastante cansativa. Este processo exige cuidado em todas as etapas, desde a embalagem dos pertences, passando pelo carregamento até o veículo de transporte, depois o próprio transporte de seus pertences até a nova residência, depois a retirada de tudo e, por fim, desencaixar, posicionar móveis e guardar objetos e roupas.


Raramente percebemos a quantia de bens materiais que possuímos até precisar encaixotar e ver tudo espalhado pela casa e que ainda falta muito para empacotar. Algumas vezes conseguimos ajuda de familiares e amigos para realizar este processo, mas nem sempre é possível.

A mudança de residência tem muitos aspectos positivos, mas outros negativos. A seguir listarei alguns dos prós e contras que encontramos ao realizar nossa mudança.

Prós da mudança de casa:

1. Energia revitalizada

Quando você já não está mais contente de morar no mesmo local, a energia do mesmo começa a ficar mais pesada. E parece que isso influência em todo o resto. Seu humor começa a alterar, os aparelhos resolvem quebrar e etc. Ao se mudar para um ambiente novo, toda a energia se renova. É revigorante.

Leia também: Coisas que você deveria fazer antes de morrer

2. Desfazer-se de coisas inutilizadas

Não tem momento melhor para se desfazer do que não usa mais. A mudança te permite isso, principalmente quando está indo para uma local menor do qual está morando. Seja objetos, móveis ou roupas, desfaça-se do que não usa. Separe o que não presta mais, venda ou doe o que está em boas condições. O sentimento de leveza ao se livrar do que só ocupava espaço é maravilhoso.

3. Novas amizades

Quer oportunidade melhor de socialização do que mudar para uma nova vizinhança? Ainda mais se estiver se mudando para um apartamento. Você tem a chance de conhecer novas pessoas incríveis nesse processo da sua vida.

4. Mudança de rotina

Na maioria das vezes nos mudamos para regiões diferentes a que residimos, e isso nos permite mudar de rotina. Não será mais o mesmo trajeto para o trabalho, a escola ou qualquer outro lugar. Sendo longe ou perto, mudar a rotina também é revigorante. Aliás, cair na mesmice, depois de algum tempo enjoa e começamos a ficar desmotivados. Essa é uma oportunidade de mudar de hábitos e, quem sabe, mudar não somente o roteiro, como inserir coisas a mais no seu dia que desejava fazer ou, até mesmo, deixar de fazer algo e poupar ainda mais seu tempo.

5. Recomeços

Uma das melhores coisas na vida são as oportunidades de recomeços. Sua vida pode estar ótima como pode não estar, e mudar de casa te dá a chance de recomeçar. Mesmo que seja numa pequena parcela da vida, que não hajam muitas mudanças - ou aquelas que, de fato, gostaria, mas mudar o ambiente que vive já te permite motivação suficiente para outros recomeços.

Contras da mudança de casa:

1. Falta de tempo

Se você trabalha o dia inteiro e ainda estuda a noite, essa falta de tempo pode prejudicar na hora de organizar a mudança. Se não tiver alguém que ajude, terá que arranjar tempo para encaixotar os objetos e deixar os móveis livres e desimpedidos para o dia da mudança.

2. Muitos gastos

Infelizmente, se você não estiver preparado, se não foi uma decisão programada com antecedência e você não tiver reservas financeiras, saiba que os gastos são muitos. Por exemplo: troca de antenas (digital ou via satélite), internet, instalação de ar condicionado, instalações elétricas, desmontagem e montagem de móveis grandes (roupeiros), serviço de transportadora e muito mais. Se você mora numa cidade pequena e de interior, sabe que os custos desses serviços geralmente são mais altos.

Leia também: Aprenda a controlar seus gastos pessoais

3. Bagunça

Para quem ama uma organização, este é aquele momento em que vamos a loucura. Pois até o momento da mudança e organização de tudo na casa nova, a casa fica virada em caixas, sacolas e tudo que se pode imaginar. Tente organizar as caixas de forma que consiga se achar depois, principalmente se precisar utilizar algo que já tenha encaixotado. Sinalize as caixas, escreva o conteúdo guardado nelas, assim depois também se torna mais fácil para direcionar as caixas para os cômodos certos e você pode priorizar o que vai guardar primeiro.

4. Espaço

Esse é um probleminha que sempre encontramos. Quando estamos morando num local e compramos móveis novos, eles são escolhidos de acordo com o espaço que temos. Ao se mudar, pode acontecer de não caber tudo. Esse foi um dos problemas que passamos aqui em casa recentemente, pois nossa casa tinha bastante espaço e cômodos, ao nos mudarmos para o apartamento que era metade do tamanho, tivemos que nos desfazer de muitos móveis e comprar outros no lugar. Então, verifique as medidas dos seus móveis e meça nos cômodos antes de fechar negócio, assim terá a noção do que vai para a casa nova e o que será descartado.

5. Elevadores e escadas

Caso você vá morar num local em que tenha elevadores e escadas, você e os prestadores de serviço vão precisar fazer um plano antecipadamente para a locomoção dos móveis. Lembre-se que existem medidas para tudo e alguns dos seus móveis podem não passar por portas ou corredores, como podem ser difíceis de carregar por escadas, por serem muito pesados. Tenha noção do risco total que pode causar e esteja preparado.

6. Material necessário

Para guardar os objetos e roupas, você precisa de material para isso. Os locais mais recomendados para se conseguir caixas de papelão são lojas e supermercados. É só conversar com algum funcionário do local e solicitar a doação dos mesmos, já que eles são descartados. Mas vá em horários estratégicos, como cedo pela manhã, senão corre o risco de não encontrar mais.

7. Prestadores de serviços

Muitas pessoas encontram dificuldades ao procurar e encontrar prestadores de serviços confiáveis e qualificados para contratar. Se você não conhece algum, pesquise entre seus conhecidos e peça indicações. Compare preços e serviços oferecidos, para contratar aquele que mais se adequa as suas necessidades. Não saia contratando serviços logo que encontra, sem nem pesquisar primeiro.

Leia também: 12 coisas para fazer quando estiver sem internet

Particularmente eu adoro essa função toda de mudanças. E esse gosto se deve ao fato de eu ser uma pessoa organizada e adorar mudanças. Eu adoro recomeços e as mudanças me permitem tudo isso. Mesmo que seja cansativo, no final de todo processo eu me sinto aliviada e muito mais leve. Me sinto feliz!

E vocês, já se mudaram alguma vez? Como foi o processo e como vocês se sentiram? Comentem.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

20 comentários

  1. nossa, fazer uma mudança é sempre uma dor de cabeça, mas tem que se pensar que é pra um bem maior, uma nova fase de vida etc

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala, as duas primeiras que fiz eu só estudava, então nem tinha preocupações e meu tempo era maior para fazer as arrumações. Agora, trabalhando, mal tive tempo para ajudar minha mãe com as coisas. Só consegui tirar folga no dia da mudança senão não teria como, a dor de cabeça seria em dobro.

      Beijos

      Excluir
  2. Eu nunca me mudei, mas daqui a alguns anos quem sabe isso aconteça, adorei o post, sucesso.

    https://papodedelicada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pa! Pelo menos já está ciente de alguns prós e contras dessa etapa da vida, kkk. Mas sério, é muito bom!

      Beijos

      Excluir
  3. Nunca mudei de casa, mas olha as mudanças realmente e uma dor de cabeça mesmo.
    Beijos

    https://glamour-02.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demais, Mary! Mas também tem toda aquela energia maravilhosa de estar indo para um lugar novo. Eu adoro!

      Beijos

      Excluir
  4. Que listagem de ouro! Excelente para ponderamentos fundamentais dentro de um quesito tão delicado quanto uma mudança desse tipo. Adorei, Gaby!

    semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! É uma lista simples, mas super real da situação.

      Beijos

      Excluir
  5. Realmente, morar sozinha é totalmente diferente, ano que vem vou experimentar essa experiência hehe espero que de tudo certo! :D
    http://www.mundodasmulheresbrasil.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não to morando sozinha, mas mesmo assim toda essa função de mudança de casa já dá uma dor de cabeça. Mas é uma etapa tão boa na vida. Vale a pena!

      Beijos

      Excluir
  6. É exatamente como eu vivenciei, me mudei um junho para um cidade longe da minha de origem estou a 700km da família, depois casei e me mudei de novo agora de estado e vou te falar não foi nada fácil, mas sem dúvida existem muito mais prós do que contras, as vezes mudar a rotina é mais que necessário e isso nos faz bem como pessoas, crescemos, evoluímos e aprendemos . Adorei teu blog!!!

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudar de estado é ainda mais difícil, principalmente se você leva os móveis consigo. Eu já me mudei de estado mas levei somente as roupas, o restante deixei tudo na casa da minha mãe. Tive sorte, porque depois de 2 anos retornei, kkk. Também acho que os prós são muito maiores e mais valiosos também, podemos aprender e evoluir muito com isso.


      Beijos

      Excluir
  7. Amo me mudar, me mudei a vida inteira e não consigo ficar muito tempo em algum lugar por causa disso! Mas amei seu texto, realmente existem milhares de prós e contras.
    Beijo,
    www.espelhodoreino.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiim, eu também sou desse jeito. Embora agora eu tenha me aquietado um pouco, já penso em morar em outro lugar já, kkkk. É tão bom né? Poder conhecer muitas pessoas e culturas novas. Adoro isso!

      Beijos

      Excluir
  8. Mudei de casa apenas uma vez e ainda era em pequena,mas me recordo que foi bastante dificil,principalmente minha adaptação em uma nova escola,que também é um outro ponto forte. Bjos

    Conheça meu blog :) | Meu perfil no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para as crianças realmente é difícil esta mudança. Eu me mudei a primeira vez na adolescência, o que se torna mil vezes pior, pois é aquela idade em que aumentamos tudo, que odiamos tudo, que em nós tudo é pior... Então foi complicado mudar de escola, mas foi graças a essa mudança que eu perdi minha vergonha e comecei a ser uma pessoa bem mais sociável. Então, muitas vezes acabamos mudança com elas...

      Beijos

      Excluir
  9. Confesso que eu odeio mudanças, toda a parte da bagunça e adaptação me stressa muito, porém, as vezes tal mudança é necessária, a pouco tempo atrás eu e meu marido haviamos decido nos mudar justamente por causa dos prós um e dois, mas no fim, tivemos que abandonar a ideia por causa de problemas pessoais. Mas a gente ainda quer esse sentimento de renovação, principalmente por que nossos planos envolve mudar-se de um ap pequenininho para uma casa.
    Beijo! www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem ansiedade bem acentuada, né Les? Talvez seja por isso que não goste. A parte da bagunça eu detesto também, mas a ansiedade me faz gostar da parte em que posso arrumar tudo. Só o fato de ter um controle sobre isso me faz sentir bem. Acho que tentei encontrar nisso uma terapia para a ansiedade não me consumir. Essas mudanças são muito necessárias na minha opinião, os benefícios vem logo após essa fase de mudança e pequena adaptação, mas é tudo tão bom. Novos ares são essenciais, ainda mais para ansiosos como nós.

      Beijos

      Excluir
  10. I really enjoy moving to a new place. You get to start fresh and with everything new.

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. It's just that way. A fresh start. Life flows with more joy and good energies when we have the chance to move.

      Kisses

      Excluir

Youtube

Curta no Facebook

Twitter